Certificação do Governo do Estado motiva corrida por negócios sustentáveis
17/07/2021 - 10:47

Selo Clima Paraná reconhece empresas que fornecem relatório de suas emissões de gases de efeito estufa (GEE). No ano passado, 46 foram agraciadas. As declarações deste ano podem ser feitas até 30 de setembro.

 

Mais valor agregado aos produtos e a garantia de ser uma empresa que contribui com o pacto global. Esses são os principais benefícios das empresas que aderem ao Selo Clima Paraná, reconhecimento do Governo do Estado efetivado por meio da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo. 

O certificado é uma marca da sustentabilidade e um dos mais conceituados do País, contribuindo para garantir negócios internacionais. Para aderir, basta fazer a declaração da emissão de carbono. As informações prestadas pelas empresas auxiliam o Governo a elaborar políticas voltadas à redução da emissão de poluentes.

Participante do Selo Clima Paraná desde 2015, o Grupo SLB no Brasil conquistou o Selo Ouro Plus no ano passado. Segundo a engenheira ambiental da empresa, Jullia Prado Gaudêncio, esse ano não vai ser diferente.

“No ano passado, obtivemos o Selo Ouro Plus por termos nosso relatório completo e auditado pelo Inmetro, além de apresentarmos reduções na emissão de gases de efeito estufa em relação ao ano anterior. Entendemos que o selo é muito importante por ser o primeiro passo para a gestão das emissões, o que nos auxilia a traçar metas para reduzir os gases poluentes”, disse.

As empresas que submetem a catalogação de emissões de carbono conquistam o Selo Clima Original. Para as que fornecem este relatório e o submetem à verificação de uma terceira entidade certificada pelo Inmetro, o Selo é o Ouro. Já o Ouro Plus é concedido às empresas que, além destes fatores, comprovam a redução de lançamento de carbono.

O secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, destaca que cada vez mais empresas procuram saber o que é o Selo Clima Paraná, a fim de garantir a marca da sustentabilidade. No ano passado, 46 empresas foram agraciadas com o selo.

“O Governo dá subsídios para o empresariado porque é ele quem garante os empregos para a população paranaense, ou seja, quanto mais prósperas as corporações, mais renda para o povo. Mas também é necessário prestar atenção aos sinais do meio ambiente”, afirma.

EXEMPLO – A Companhia Paranaense de Energia (Copel), exemplo global de sustentabilidade, recebeu o Selo Ouro Plus em 2020. "A Copel é pioneira em boas práticas socioambientais, atenta e na vanguarda de questões relacionadas à sustentabilidade. Acompanhamos como as mudanças climáticas afetam a vida de todos nossos stakeholders e, por isso, o tema sempre teve relevância para a companhia”, afirma o diretor de Governança, Risco e Compliance, Vicente Loiacono Neto.

A empresa aderiu ao Selo Clima Paraná desde o seu surgimento, em 2014. “A Copel aderiu à iniciativa com o objetivo de apoiar as políticas do Estado e, considerando seu protagonismo, incentivar a participação de outras empresas", completa Neto.

De acordo com a superintendente da Coordenação de Sustentabilidade Empresarial e Governança Corporativa, Luísa Nastari, a companhia possui uma política específica para tratar do tema Mudança do Clima, que tem como desdobramento a realização dos inventários de emissão de gases de efeito estufa (GEE).

“Estes inventários são auditados e disponibilizados para a Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, que dá publicidade por meio de registro público. A política é alinhada às práticas de transparência e compromisso com a temática”, diz Luísa.

“Neste ano, avançamos nas ações de combate à mudança do clima estabelecendo planos de longo prazo para atuar nesta questão. Para isso, a Copel aprovou um Plano de Neutralidade de Carbono que tem a meta de neutralizar as emissões de GEE até 2030", explica a superintendente.

“O Selo Clima Paraná dá oportunidade de a Copel evidenciar estas boas práticas, relacionadas à mudança do clima, e acredito que isso seja um motivador para que outras empresas queiram participar e demonstrar seu engajamento sobre o tema”, acrescenta.

CONQUISTA – Com o Selo Ouro, a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) também entende que a conquista é extremamente benéfica. O diretor de Meio Ambiente e Ação Social, Julio Gonchorosky, destaca que a empresa busca equilibrar o meio ambiente, a responsabilidade social e a governança.

“Quando fazemos avaliação das nossas emissões de gases de efeito estufa (GEE), estamos sendo transparentes, mostrando o que esse processo gera. Além disso, esse levantamento serve para que tenhamos processos cada vez melhores e tecnologias cada vez mais apuradas para reduzir a pegada de carbono”, destaca.

COMO PARTICIPAR – Para conquistar a certificação neste ano, as empresas podem submeter seus relatórios até o dia 30 de setembro. As declarações simplificadas ou completas são feitas totalmente online. Elas devem ser encaminhadas ao e-mail seloclimaparana@sedest.pr.gov.br. Todos os formulários e como preencher estão disponíveis na página do Selo Clima CONEXÃO AMBIENTAL, na aba Como Participar.

“Investir na economia verde, de baixo carbono, é essencial para as empresas vencerem em um mundo mais competitivo, mais articulado com as cadeias globais de comércio. Esta é uma exigência cada vez maior dos clientes, nos principais mercados dos produtos paranaenses”, afirma o coordenador do Selo Clima Paraná, José Rubel.

 

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em:
www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo/

Últimas Notícias